Site do PokerStars
Avaliando meu desempenho no SCOOP
O Spring Championship of Online Poker (SCOOP) está quase aí. Com a sua chegada, vem a necessidade de levar o seu jogo um pouco mais a sério e resolver qualquer preguiça que possa ter surgido, uma vez que as resoluções de ano novo já ficaram de lado. Uma parte integrante do desenvolvimento de uma atitude profissional para o poker é a capacidade de revisar objetivamente seus próprios desempenhos de maneira construtiva. Isso não é tão fácil quanto parece. Aqui estão algumas dicas para ajudar você a tirar o máximo proveito da análise do seu jogo durante e após o SCOOP deste ano.

Resultados não têm significado

Uma armadilha comum exibida aos nossos alunos é o vício em resultados. Se algo deu errado, o aluno acha que deve ser culpa dele
  • "Claro! Aquele blefe foi uma péssima ideia!"
  • "Fui eliminado com JJ de novo então eu tenho que evitar jogar essa mão."
  • "Eu ganhei um torneio - sou um deus absoluto."
Todas essas três declarações são provavelmente sem sentido. Muitos blefes terríveis funcionam da mesma maneira que muitos bons blefes são pagos. Nós blefamos contra o range do Vilão, não com sua mão exata, pois não temos as habilidades psíquicas necessárias para determinar o isso.

JJ é apenas uma mão inicial, não importa quão mal nós lidamos com isso, ela nem sempre será a mão em que somos eliminados. Não importa o quão bem nós joguemos o JJ, muitas vezes vamos ser eliminados com ela. Muitos jogadores horríveis ganharam torneios - é isso que os mantém voltando.

Todas as três declarações são baseadas no processo humano muito natural de análise de consequências. Fazemos isso o tempo todo na vida real com grande efeito, porque na vida real, as consequências que causamos são geralmente boas evidências de como lidamos bem com algo.
  • "Consegui aquele emprego. Devo ter me saído bem na entrevista."
  • "Eu o magoei, não deveria ter dito aquilo."
  • "Preciso de uma ambulância. Eu deveria ter olhado antes de correr para a rua para pegar aquela nota de cem dólares"
Todas as três são provavelmente verdadeiras e justificadas. Ao analisar uma mão de poker, no entanto, devemos voltar antes de sabermos o que o Vilão tinha ou ver o resultado da nossa jogada.

Devemos perguntar quão razoáveis ou irracionais nossas ações foram baseadas nas informações que tinham no momento e nada mais. Da próxima vez que você estiver em uma situação semelhante, você não terá o luxo de saber que o Vilão estava blefando, portanto, não use as informações obtidas após uma decisão como prova a favor ou contra a validade dessa decisão.

Avalie o seu jogo mental

Criticar seu desempenho de maneira construtiva não é tudo sobre o jogo técnico de uma mão. Como você administrou seu próprio jogo mental é igualmente importante. Os eventos do SCOOP são longos e cansativos. Você vai passar pelo liquidificador emocional em certos pontos, isso é uma certeza, mas como você reage a isso e se recupera depende de você.

Depois de um torneio, é muito tentador concentrar-se apenas na mão que causou sua eliminação ou no blefe que não funcionou. Embora esses eventos possam ser apenas o resultado de uma má variância, o fato de você se deixar ter tanto medo da bolha que engessou seu jogo e que fez uma série de folds discutíveis é sua responsabilidade. A queda no seu nível de atenção no início do nível 11 foi causada por você não receber boas mãos no nível 10. Como resultado, sua mente foi desligada e isso é algo que você pode evitar da próxima vez lembrando a si mesmo que durante o tempo de inatividade é essencial para fazer notas sobre os adversários.

O tilt arruinou um evento promissor mais uma vez? Por que isso aconteceu? Como estavam as suas emoções e o que as causou? Por que sua resposta foi irracional e o que você poderia dizer para si mesmo da próxima vez para se recuperar mais rapidamente?

Essas são todas as perguntas que a maioria de nós esquece de fazer. Destaque-se no field, avaliando seu desempenho mental neste SCOOP.

Avalie seu jogo prático

O jogo prático cobre tudo o que não é técnico ou mental. Como você se aquece para um evento, sua dieta durante um longo torneio, sua seleção de jogos, o nível de perturbação da sua família durante o evento, e muitos outros fatores práticos como esses são frequentemente negligenciados durante a análise pós-torneio. No entanto, quando você soma todas essas coisinhas, você tem os ingredientes para um grande aumento no seu ROI (retorno médio do investimento jogando um torneio).

Tente fazer as seguintes perguntas após um evento do SCOOP e antes do próximo:
  • Meu ambiente de jogo me permitiu estar totalmente confortável, relaxado e livre de distrações? Se não, como eu poderia melhorar isso para o próximo evento?
  • Eu tenho um suprimento adequado de alimentos e bebidas em todos os momentos?
  • Os torneios que escolhi até agora foram bem adaptados ao meu conjunto de habilidades como jogador de poker?
  • Eu dormi o suficiente antes do torneio para estar preparado para uma longa batalha?
  • Eu estava focado durante o torneio ou muitas vezes distraído por outras coisas no meu computador?

Conclusão

Se você atualmente não faz nenhuma das coisas recomendadas neste artigo, não tenha medo! O SCOOP é a plataforma perfeita para ir com o pé direito pelo resto de 2019. Vemos você nas mesas.
 
Já premiou em algum evento do SCOOP?
Deixe um comentário abaixo.

X Informações de Cookies

Nós colocamos cookies no seu computador para melhorar a sua experiência no nosso website. Você pode alterar as suas configurações de cookies a qualquer momento. Caso contrário, entendemos que você esteja de acordo em continuar.