Um dos temas que eu considero fundamental em nossos estudos sobre o poker, é que a força real de nossas cartas, é um dos últimos fatores com o qual  devemos nos preocupar quando formos entrar em uma mão. O que faz o poker tão especial na minha visão, é que na maioria das vezes quando fugimos do padrão e damos  uma simples 4 bet(fora de posição) na 3 bet do vilão, esse simples gesto de poder tem um único intuito,o de ludibriar nossos adversários, e na maioria das vezes é justamente isso que acontece, ainda mais quando o board não se torna favorável para ele (vilão)

O ponto alfa desta lição de poker, é justamente como jogar e julgar adversários que estão em um segundo e terceiro nível de pensamento. Como um lembrete, o pensamento segundo nível é ...."o que é que o meu adversário tem?" .....E pensar no terceiro nível é "o que pensa o meu adversário que eu tenho". Para representar uma mão, seu oponente deve pelo menos ser capaz de pensar em sua mão e não apenas a sua própria. Além disso, a fim de representar uma mão, você deve ser capaz de pensar no terceiro nível .Isto significa que durante todo o jogo, você deve estar ciente de todos os fatores que seu oponente está usando para tomar decisões. Isto inclui a sua imagem na mesa , a imagem de seu oponente, stacks, a situação toda em si e muito mais.

Por definição, 'representando' no poker significa que você está comunicando algo falso sobre sua mão.Cada aposta e ação vai contar uma história sobre sua mão, e é seu trabalho fazer essa história tão incrível quanto possível. Existem diferentes táticas que você pode usar para contar essa história, incluindo o tamanho da sua aposta, o timing de suas ações, e quanto do seu stack você está comprometendo nessa mão.

Bom galera, por hoje é isso abraços e fiquem com Deus!!!!!!