Após um tempo jogando poker, você acaba por pesquisar a vida e obra dos jogadores profissionais e normalmente todos se queixam do preconceito em relação ao jogo e recentemente me vi numa situação onde esse preconceito foi palpável. Vou contar o que houve e depois vamos para a nossa reflexão: Eu estava fazendo minha sessão diária e minha esposa precisou de ajuda com minha filha, nada demais, porém como eu estava numa mão crucial, eu pedi que ela esperasse e a resposta dela foi: - Mas você só está jogando... Resolvida a situação, veio a reflexão.
O poker é um jogo e jogo é algo que tem um status de brincadeira na nossa cultura. Jogadores carregam o estigma de muitos anos de cultura de submundo nas costas. Jogadores de poker então nem se fala. Construímos essas estruturas cognitivas após vermos vários exemplos da nossa sociedade, mas “jogadores” estão fora da realidade de muitos. Na sociedade, conhecemos vários profissionais e esses estão consolidados na cultura de massa como tal, mas e o jogador de poker? Normalmente só reconhece como profissional um jogador de poker quem está envolvido no meio, estuda, joga e acompanha.
O que falta para ganharmos esse status de profissional na sociedade? Ainda falta muito para sermos reconhecidos, mas nossa postura é fator primordial para alcançar esse status. Ao iniciar a sessão, deixe claro para quem vive com você a necessidade de tirar esse tempo e delimite esse espaço. Converse sobre o poker e mostre seus resultados. Mostre os exemplos daqueles que são profissionais. Tome uma postura profissional para que todos o vejam como tal. Aos poucos iremos construindo uma cultura de profissionalismo ao redor do poker e você, na sua casa, pode fazer sua parte. Citando o Pensador:
“Mude, que quando a gente muda o mundo muda com a gente
a gente muda o mundo na mudança da mente
e quando a mente muda a gente anda pra frente.
e quando a gente manda ninguém manda na gente.”
Vamos ajudar a mudar a imagem do nosso esporte. É benéfico para todos, pois podemos conseguir um reforço positivo e isso é crucial para a construção de um mindset positivo, mas isso é outra história.