C-Bet Moderna – Parte 3 – Dando check no range

PokerStarsSchool | há 1 mês em Poker Theory and Concepts

O extremo oposto de fazer a c-bet numa frequência alta é dar check em todo o seu range – ou como é mais conhecido – dar check no range. Essa estratégia extrema e um pouco deprimente felizmente só é necessária nas piores situações para o jogador que aumentou pré-flop: os flops em que o seu range é destruído pelo do jogador que pagou.

Como notamos anteriormente, a frequência de apostas é determinada majoritariamente pela vantagem de range. Hoje nos distanciamos de jogar contra o fraco big-blind. Como você deve se lembrar, o range dele nunca deve ter vantagem contra um agressor pré-flop. Ele apenas tentou alcançar equidade. Entretanto, as pessoas que simplesmente pagam friamente – o que significa pagar quando não estão no big blind – possuem ranges muito mais fortes e esses jogadores podem nos prejudicar se começarmos a apostar muito do nosso range.

Agressor pré-flop em desvantagem

O que acontece se apostarmos no HJ e um jogador sólido paga no CO e vamos heads-up com ele para o flop? O vilão tem incentivo para pagar com um range aberto aqui? Com certeza não. O range do vilão deve ser bem condensado e cheio de mãos como pares medianos e boas broadways naipadas.

Nosso range, por outro lado, é cheio de cartas altas, naipadas e não naipadas, e também contém alguns conectores naipados e ases naipados. Nós possuímos mais combinações de mãos no nosso range; menos concentração de pares; e muitas vezes não acertamos nada em flops baixos. Enquanto flops altos vão ser geralmente empatados nessa disputa, cartas baixas na mesa vão dar ao vilão uma boa vantagem de equidade no range vs. range.

Quando o flop é 9♦7♦3♦, o vilão terá uma maior concentração de trincas, pares e flushes; enquanto nós teremos maior concentração de cartas acima da mesa. Nós podemos ser o agressor pré-flop mas aqui somos nós, e não o jogador que pagou, quem está sofrendo a desvantagem de equidade. A melhor reação é começar dando check fora de posição com todo o nosso range. Parece estranho? Não se assuste, continue lendo.

Por que damos check no nosso range?

Dar check no nosso range é um conceito que aplicamos diariamente. Até iniciantes entendem como dar check corretamente em todo seu range, menos sendo o agressor pré-flop. O fator comum de dar check no range é o big blind. Nós todos aprendemos:

‘Dê check para o agressor.”

Mas raramente nos ensinam o porquê. As vezes a palavra ‘iniciativa’ aparece na discussão como se fossa uma palavra mágica.

Você tem que manter a iniciativa

Mas por quê?

Por que eu tenho que manter a iniciativa? O que é tão especial sobre ter a iniciativa de apostar?

Nada.

O único motivo que leva o big blind a desistir de sua iniciativa para o agressor em posição, dando check em todo o seu range, é que o seu range vai se sair mal na maioria dos flops. É a desvantagem de range que quebra a sua frequência de aposta e não os fatos arbitrários sobre quem foi o último a apostar ou aumentar.

Estamos acostumados a dar check no nosso range quando somos o big blind. Agora é hora de aplicar a mesma lógica para a situação fora de posição onde somos o agressor.

Nós devemos dar check no nosso range inteiro para o vilão no flop 9♦7♦3♦ porque estamos fora de posição e nosso range não é o favorito, bem parecido com o que o range do big blind normalmente é. Quem aumentou anteriormente não é importante.

‘Mas nós não perdemos valor?’

Essa é a pergunta mais frequente quando abordamos este tópico. A resposta é não, pelo menos, não em teoria. A razão pela qual tivemos que dar muito check também é a mesma razão pela qual não perdemos valor ao dar check quando temos uma boa mão.

Quanto mais forte o seu range, mais você aposta.

Então quando acertarmos um flush em um flop 9♦7♦3♦ com o A♦6♦ e damos check, a vantagem de range do vilão o incentivará a apostar frequentemente para negar a equidade do nosso range. Já que nós chegamos aqui com grandes quantidades de cartas acima da mesa e poucos flushes, ele deve apostar A♥9♥ e trincas quase sempre. Ele precisa da proteção. Se o vilão der check atrás, é pouco provável que ele tenha uma mão forte o suficiente para pagar três apostas de qualquer maneira.

Nós não perdemos muito valor ao dar check e nós estamos livres para aumentar com nossas mãos monstruosas quando o vilão apostar. Como isso funciona?

Check/Raise Polarizado

Do mesmo jeito que nós apostamos polarizados em situações não muito ruins (veja a parte 2), nós podemos dar check/raise polarizado aqui. Nós já sabemos como fazer isso. Nessa situação onde nós damos check no nosso range, significa dar check em todo nosso range e então aumentar com um range hiper polarizado de mãos absolutas e blefes. Em um bordo conectado como esse, vamos aumentar por valor com flushes e nossos blefes frequentemente serão, mas nem sempre, mãos com uma carta alta de ouros.

As mãos no meio disso vamos dar check e pagar caso o vilão aposte, ao mesmo tempo em que vamos dar check e largar nossas mãos ruins.

Renúncia de posição

Não de check em posição. Você sempre precisa ter um range de aposta quando tem posição, porque é insustentável deixar o pote estagnar quando você tem o nuts. Se você está em posição com uma desvantagem de range, então você deve apostar de forma bem seletiva (hiper polarizada), usando mãos muito boas e alguns blefes.

A exceção é quando o stack efetivo é pequeno em relação ao pote, neste caso você pode dar check uma vez com todo o seu range, se o flop for seco o suficiente para jogar o nuts de forma lenta.

Resumo

  • Quando encontramos alguém pagando friamente e o bordo é baixo e/ou conectado, nós temos uma desvantagem e devemos começar dando check no nosso range fora de posição, assim como o blind blind faria após pagar um aumento.
  • Dar check no range limita o tamanho do pote e minimiza as perdas de EV por ter uma desvantagem de range.
  • Você ainda pode construir potes grandes com um range hiper polarizado dando check/raise algumas vezes.
  • Não dê check em posição.

Comente e participe da discussão sobre este e outros artigos no nosso Canal do Discord.

Carregando Comentários

Loading more content...