Fazendo a Donk Bet em Flops com Pares Baixos

PokerStarsSchool | há 1 mês em Poker Theory and Concepts

Donk-bet significa apostar fora de posição como pagador de um aumento pré-flop, antes que o jogador que aumentou tenha tido a chance de agir.

Porque Geralmente Não Fazemos a Donk-Bet

Normalmente falando, donk-bet é pouco sólido e desnecessário. De fato, uma característica do jogo de um jogador recreativo mais fraco é sua tendência a fazer donk-bet em todos os tipos de situações. Isso geralmente é mal entendido, porque como o jogador pagou o big blind, seu range estará em desvantagem em relação ao range do jogador que aumentou em posição. Isso significa que muitas vezes você desejará dar check para manter o pote menor e precisará proteger esse range de check com suas melhores mãos. Dar check/raise com uma trinca é uma ótima ideia, porque você consegue uma aposta primeiro de um range muito amplo e depois consegue colocar mais fichas. Se você liderasse com todas as suas boas mãos, seu range de check seria muito fraco e você desistiria para as c-bets quase sempre.

O jogador que aumenta pré-flop vai querer apostar muito com seu range mais forte para forçar você a desistir de mãos com alguma equidade e que são fracas demais para continuar. Se o Vilão vai apostar com muita frequência, não faz muito sentido fazer a donk bet.

Dito isto, às vezes, construir um range de donk bet faz sentido.

Donk-Bet e EV

Na teoria do jogo, quando você insere um range para cada jogador e um flop, uma calculadora gera o EV geral (valor esperado) do range de cada jogador. Se o pote inicial no flop for US$ 60, por exemplo, o EV de cada jogador somará até US$ 60. Os dois ranges opostos estão brigando por essa quantia de dinheiro. A razão pela qual quem pagou no big blind não quer aumentar o tamanho do pote fazendo a donk bet é porque seu range geralmente tem um EV muito baixo. Nos flops que não ajudam o seu range, ele pode merecer apenas US$ 20 a US$ 25 do pote. No entanto, existem alguns flops que são muito favoráveis para o jogador que paga no BB.

Em Quais Flops Podemos Fazer a Donk Bet?

São bordos onde os overpairs de quem aumentou pré-flop foram desvalorizados, mais propriamente onde é possível algum tipo de trinca baixa. Se você pensar bem, o big blind terá mais combinações nuts do que um jogador que abriu do HJ nesses flops, devido a jogar mais cartas de baixo valor que podem acertar essas trincas do que o jogador que abriu. Ter muitas mãos nuts (trincas) aumenta o EV do jogador fora de posição e em um flop de 7h 7d 5d, ele tem direito a metade do pote ou até um pouco mais.

Isso significa que, se der check, o jogador que aumentou do HJ vai querer dar check com bastante frequência para manter o pote pequeno. Seus overpairs não estão tão felizes em colocar dinheiro nesse flop e ele também vai querer dar check atrás com muitos ás-alto.

Podemos contrariar esse plano construindo um range de donk-bet polarizado para garantir que o pote tenha a chance de crescer quando tivermos trincas ou um overpair vulnerável que não quer permitir que o Vilão veja o turn de graça. Podemos balancear isso liderando algumas pedidas e backdoors como um blefe.

Como Construir o Range de Donk-Bet?

As mãos que queremos fazer donk-bet nesses bordos com pares baixos se enquadram em quatro grandes categorias.

Trincas – Fazer a Donk-Bet garante o crescimento do pote e priva o Vilão da chance de controlar o pote quando estamos segurando o nuts. Ao colocarmos algum dinheiro nesse exato momento, tornaremos o pote maior no turn, o que leva a um pote exponencialmente maior no river do que seria possível se no flop tivesse sido check-check.

Overpairs e pares vulneráveis no bordo – Liderar com mãos como TT e 99 em um flop como 6s 6d 4s faz muito sentido. Protegemos essas mãos vulneráveis de cartas mais altas que venham no turn. Se o Vilão quiser pagar com KQ contra uma aposta pequena, então ótimo, obtemos valor; e se ele preferir desistir, então incrível – protegemos nossa equidade e ganhamos o pote 100% das vezes ao invés de 75%.

Pedidas de Flush – Não há absolutamente nada de errado em aumentar o tamanho do pote com uma mão que tenha uma pedida com muitos outs para algo forte. As pedidas de flush são os semi-blefes mais poderosos disponíveis. Embora nem sempre desejemos liderar com uma pedida, geralmente faremos uma donk-bet com aquelas que têm alto potencial de nuts e valor limitado de showdown, como A5s com um ou K2s com pedida de flush.

Blefes Mais Fracos – Teoricamente, também é importante fazer essa donk-bet nesses bordos com pares baixos com algumas pedidas que não fazem o nuts em um turn com carta para o flush. Queremos poder blefar os run-outs do flush algumas vezes para que nem todos os nossos blefes sejam pedidas de flush. Pedidas de flush backdoor, gutshots, e pedidas de sequência de duas pontas são boas candidatas para adicionar um pouco de variedade ao nosso range de blefe. No entanto, como essas mãos são muito fracas, teremos que tomar cuidado para não adicionar muitas delas ao nosso range de blefe a longo prazo contra um adversário astuto.

Resumo

  • É estrategicamente ruim para quem pagou no big blind fazer a donk-bet na maioria dos flops.
  • Como o range do BB geralmente tem um EV baixo, ele normalmente deve começar dando check com todo o range.
  • Em flops com pares baixos, o range do BB pode evoluir e ter um bom EV. É nesses flops que ele pode começar a construir um range de donk-bet.
  • Um range de donk-bet deve ser polarizado e consistir em trincas e overpairs, por outro lado, pedidas de flush e blefes mais fracos de tempos em tempos.
  • Divirta-se fazendo a donk-bet em flops com pares baixos, mas não aplique as ideias desse artigo em nenhum outro tipo de flop onde seu range é muito fraco.

Comente e participe da discussão sobre este e outros artigos no nosso Canal do Discord.

Carregando Comentários

Loading more content...