Não faça a pior mão desistir – Parte 1

PokerStarsSchool | há 1 mês em Poker Theory and Concepts

O risco ideal

Hoje vamos olhar porque é importante não exagerar nisso apostando muito alto e fazendo seu oponente desistir da sua mão. É um dilema comum simplesmente impedir seu oponente de permanecer na mão por apostar alto ou assumir o risco de dar a ele a oportunidade de acertar a carta que estava faltando. Aquela com a qual ele potencialmente pode nos derrotar. Como sempre, algo entre as duas coisas normalmente é a melhor jogada.

Erro #1: apostar muito alto pré-flop

Vamos começar com a aposta pré-flop. Usar tamanhos diferentes com determinadas mãos iniciais é um erro recorrente. Isso não é balanceado e portanto o resultado será uma estratégia pré-flop muito explorável. O elemento mais comum deste erro é quando um jogador normalmente abre entre 2 e 2,5 big blinds, mas aumenta entre 3 e 5 big blinds com mãos mais fortes. Estas tenderão a ser na maioria fortes, mas mãos vulneráveis como JJ, QQ, KK, AA e muitas vezes AK. Alguém que desta forma deve perceber muitas vezes que desistem contra suas mãos fortes, e é pago para as mãos mais fracas, ou até mesmo recebem uma 3-bet. Este é um grande erro que você não deve cometer! Preste atenção aos jogadores que jogam desta forma e explore-os!

A jogada correta é fazer todas as apostas pré-flop do mesmo tamanho quando abrir o pote, assim não será fácil para ler a força da sua mão. Você pode fazer ajustes, mas pouca coisa apenas, assim a sua mão permanecerá difícil de ser reconhecida. É uma preferência pessoal, mas é uma dica que pode funcionar muito bem na prática, especialmente em torneios.

Você deve abrir 2 big blinds em 70% das suas mãos de força mediana e 2,5 big blinds com os 30% restantes. Mas você também deve abrir 2 big blinds com 30% das suas mãos muito fortes e 2,5 big blinds com os 70% restantes. Para ser aleatório, uma dica é olhar para o ponteiro dos minutos do seu relógio para determinar qual o tamanho de aposta que você fará em uma determinada mão. Desta forma os seus oponentes verão você alternando aumentos entre 2 e 2,5 big blinds aparentemente sem relação entre o tamanho da aposta e a força da sua mão, mas a verdade é que em média, você está aumentando com mãos muito fortes um pouco mais alto do que com as mãos não tão fortes.

Erro #2: Apostar muito alto depois do flop

Você frequentemente vê mãos em que a mão mais alta, por exemplo um overpair, faz uma c-bet enorme, às vezes maior que o próprio pote no flop. Nessas mãos, normalmente é nítido que o jogador está rezando para o seu oponente desistir. Jogadores como esse têm medo de continuar e entenderam totalmente errado o conceito de apostar. Você está fazendo a c-bet (provavelmente) com a mão mais forte depois do flop porque você quer que errem pagando com mãos piores. Nessa situação você está no caminho para receber um fold – você quer que eles guardem isso para quando você estiver blefando.

Imagine o seguinte cenário. Você está na fase inicial de um torneio com 50-75 big blinds na mesa. Você aumenta pré-flop com A-J e seu oponente paga em posição. O flop é A-J-4 com duas espadas. Você tem dois pares mais altos e olhos com raio-x, permitindo que você veja que seu oponente tem uma pedida de flush com 7-8 de espadas. A ação está com você. Você deve apostar? Se sim, qual seria o tamanho ideal? Eu acho que você vai concordar que você deve fazer a c-bet nesse momento para garantir não estar dando uma carta grátis. A jogada correta é um tamanho de aposta ideal grande o suficiente para o seu oponente ainda pagar. Nesse caso o seu oponente tem no máximo 19% de chance de melhorar, assim você ganhará no longo prazo em todos os casos que eles tiverem pot odds piores que isso. Se você apostar metade do pote, ele terá 25% de pot odds (ele pode ganhar 4 unidades por 1 unidade), e se você apostar mais alto que isso, a situação é ainda mais desfavorável para ele. Minha sugestão é que você deva apostar entre 50% e 80% do pote dependendo do oponente.

Normalmente é verdade que quanto maior você apostar, maior a chance de ganhar o pote, mas você não pode ter certeza que no longo prazo você ganhará mais dinheiro com apostas de tamanho grande. Se você apostar menos – tão baixo quanto o seu oponente está torcendo para ser para pagar com a sua mão fraca – você perderá o pote mais frequentemente, mas as fichas que você ganhar compensarão no longo prazo.

Você precisa assumir uma certa dose de risco para maximizar os seus ganhos. A dose de risco ideal depende do stack, do estilo de jogo do oponente e vários outros fatores. Vamos ver como avaliar esses fatores e sobre situações extremas que você pode se encontrar em artigos futuros.


Comente e participe da discussão sobre este e outros artigos no nosso Canal do Discord.

Loading more content...