Série Grand Tour – Episódio 10 – O jogo na fase inicial: defendendo o Big Blind

PokerStarsSchool | há 1 mês em Sit & Go

O que os jogadores às vezes deixam de entender sobre o big blind é que você deve perder fichas nesta posição da mesa, e muitas delas.

Se alguém aumentar o seu big blind, você deverá perder ainda mais do que a taxa média de perdas nesta posição em todas as mãos. Se você desistir, você perde 100% do seu big blind. Portanto, quando pagamos, a ideia é perder menos de 100% do nosso big blind.

No torneio, você quer defender seu big blind muito mais do que nos cash games. Isso ocorre porque nenhuma ficha sai do pote em rake. Os jogadores de cash terão que se acostumar a pagar muito mais do que estão acostumados. De fato, mesmo jogadores normais de MTT e SNG podem precisar pagar muito mais do que o normal sempre que cobrirem quem abriu e terem a chance no seu bounty. Vamos entrar nos detalhes.

BB vs. CO

Novamente, nosso modelo preferido usa um aumento de 2,2BB e começamos nossa jornada para a defesa do big blind no stack inicial típico de 20BBs.

Quando o CO abrir no início de um heat do Grand Tour, o BB estará pagando muitas mãos que têm uma grande desvantagem de equidade contra o range do CO. Isso parece pouco natural para muitos jogadores, mas existem duas boas razões para jogar muitas mãos aqui:

  1. As probabilidades do pote determinam que você precisa recuperar muito pouco do pote, em média, para recuperar seu investimento – apenas 24% dele neste modelo de dimensionamento.
  2. Ser capaz de ganhar um bounty aumenta ainda mais as suas odds.

Aqui está o range da defesa que devemos usar nessa situação. As mãos amarelas são para pagar e as mãos verdes são all-ins.

A idéia principal aqui é que é provável que contra o range do CO, as cartas baixas conectadas ou naipadas estejam vivas e, portanto, considerando que precisamos recuperar pouco do pote para fazer melhor do que se desistíssemos, pagar é lucrativo, mesmo com algumas mãos que parecem terríveis. Quando um flop como J64 vem, o 64o vai ganhar todas as fichas de um KJs e levar o bounty do oponente. Aqui reside o valor de fazer esses pagamentos marginais.

Quando o Vilão abre maior que 2.2BB, você precisa ser muito mais tight que isso. Se ele abre mini-raise, você precisa pagar ainda mais mãos!

Aqui o range de shove visa combinar a fold equity e arrecadar o dinheiro morto tendo alguma força quando somos pagos e, portanto, com uma chance decente de receber um bounty. Não se esqueça de estreitar seu range de defesa quando os bounties não estão disponíveis porque você está coberto.

BB vs. BU

Se você pensou que o último range de defesa era amplo, terá outro choque. Contra uma abertura de 2.2BB do BU, podemos adicionar ainda mais mãos à mistura, como lixo Queen-high e Jack-high. Também empurrar mais amplamente do que fizemos em relação ao CO. Aqui está o range:

Antes de você sair apertando o botão de pagar até ele sangrar, vamos examinar algumas exceções.

  • Pague menos mãos se você viu o Vilão dando limp do BU. É provável que isso signifique que seu range de aumento é muito forte.
  • Pague menos mãos quando você o stack que cobre todos na mesa, mas seria coberto por todos se você pagar e depois desistir no flop.
  • Pague menos mãos ruins se o Vilão estiver apostando demais no flops.
  • Pague ainda mais mãos do que isso contra adversários passivos que dificilmente lutam pelos potes.
  • Faça 3-bet all-in com mais combinações de Ax contra jogadores que pagam muito
  • Comece a empurrar mais mãos naipadas de blefe contra as pessoas que largam demais para um all-in.

BB vs SB

E agora atingimos o maior range de defesa big blind de todos eles. No próximo episódio, implementaremos a estratégia do SB, que nunca entra no pote com um pequeno aumento – ele aumenta para 20BB ou larga. Isso é simples e eficaz. No entanto, muitos de seus oponentes escolheram abrir para um aumento menor. Aqui está o nosso range de defesa se eles escolherem um aumento de 2,2BB e podemos ganhar o seu bounty.

Desta vez, adicionamos a posição à lista de vantagens que tornam pagar melhor do que o desistir. O resultado é extremo:

Existem alguns pontos técnicos sobre esse range para descompactar. Em primeiro lugar, estamos um pouco mais polarizados agora em termos das mãos que empurramos. Isso significa que, como o EV de pagar de algumas mãos de força média como KQs e A7o aumentou devido à posição, mas o EV de ir all-in permaneceu o mesmo que era fora de posição, pagar tornou-se umEV maior do que aumentar.

Em uma observação a parte, o pagamento com AA agora está sendo fantástico, pois essa talvez seja a única mão que não se beneficia da fold equity. Até KK gosta quando faz um A3 desistir e evita ser esmagado no flop Ace-High. AA não tem precisa dessa proteção, por isso o slowplay é uma boa opção aqui.

Enquanto isso, olhando para a parte de baixo do range, podemos pagar com quase quaisquer duas cartas e fazer melhor do que faríamos desistindo. Esta é a mesma razão pela qual o SB não ganha muito criando uma estratégia de aumento pequeno – ele nunca deve ganhar pré-flop. No próximo episódio, aprenderemos como jogar uma estratégia de limp, fold ou all-in nesta posição.


Comente e participe da discussão sobre este e outros artigos no nosso Canal do Discord.

Carregando Comentários

Loading more content...