Série Grand Tour – Episódio 14 – 8 Dicas Para Uma Corrida Mais Suave

PokerStarsSchool | há 1 mês em Grand Tour

Nesta série, percorremos os de ranges pré-flop. Nós aprendemos sobre a defesa do big blind muito ampla e como ir all-in agressivamente para caçar bounties. Gostaríamos de encerrar dando alguns conselhos mais gerais agora sobre como abordar o Grand Tour como um formato do jogo.

 

1.     Tenha por volta de 100 Buy-Ins no seu Bankroll

Os requisitos de bankroll para o Grand Tour estão longe de ser tão extremos quanto são para MTTs de grandes fields, porque os bounties que você coleta ao longo do caminho podem manter você na superfície mesmo quando você está passando por um período de seca e não vencendo corridas. Apenas ganhar um sprint provavelmente dará a você de volta algo próximo da taxa de entrada daquele sprint em bounties, permitindo que você passe para a próxima fase. 100 buy-ins é pouco para os padrões de MTT, mas deve ser bom para jogadores vencedores no Grand Tour. Claro, se você não está jogando de forma ideal, pode esperar gastar mais buy-ins do que isso enquanto trabalha em seu jogo.

2.     Entre na Corrida entre US$ 5 e US$ 12

Isso pode não ser possível considerando o bankroll, mas assim que se tornar viável começar nessas apostas, faz sentido pular os primeiros dois níveis. Supondo que você tenha uma sólida taxa de vitória de 30% no sprint (esta é uma conquista sólida em uma partida de 4 jogadores), você vencerá as finais e ganhará muito dinheiro 1/27 vezes ao se inscrever em um sprint de US$ 12. Se você começar no nível de US$ 5, esse número cai para 1/81. Esses números são razoáveis. A variância é administrável e sua taxa horária pode ser boa, especialmente se você se familiarizar o suficiente com multimesas. Se você começar nas finais de US$ 60, a variância é insana. Você vai aumentar e diminuir muitos buy-ins e geralmente começará sem a liderança em fichas devido a não acumular bounties no início da corrida, o que é uma grande desvantagem. Se você começar no nível de US$ 1 dólar com uma taxa de vitória de 30%, você completará a corrida apenas 1/729. Isso é uma loucura. Já que o Grand Tour tem uma estrutura de pagamento pesado no topo, jogar a partir do nível um é um pouco como jogar MTTs com muitos jogadores – uma escolha de jogo muito volátil. Nós, profissionais de cash game, nos sentimos mal só de pensar nisso!

3.     Evite situações marginais em mesas fáceis

Quando seus oponentes estão cometendo erros, dificilmente faz sentido arriscar tudo em uma situação que está apenas microscopicamente a seu favor. Um dos ajustes mais impactantes que você pode fazer para sua taxa de vitórias é ignorar esses spots em favor de receber um presente muito maior mais adiante. Não podemos levar esse conceito muito longe, pois o tempo é limitado e o jogo muito tight é punido severamente no Grand Tour, mas se uma mão está nos limites de um range de shove, não vá all-in contra o cara que está largando toda vez no botão no confronto heads-up.

4. Pegue os spots Break Even contra oponentes difíceis

Se você acha que um shove ou pagamento está perto do ponto de equilíbrio (break-even), esta é uma situação que você deve aceitar com prazer quando estiver em desvantagem de habilidade. A ideia aqui é que alguns spots futuros serão -EV para você devido ao nível de habilidade superior do Vilão. É necessário um tipo especial de humildade, que é raro entre os jogadores de poker, mas ser capaz de admitir quando você está em desvantagem e se adaptar de acordo é uma arma poderosa para qualquer jogador. Rótulos coloridos são uma ótima ferramenta para poder verificar o nível de habilidade de um oponente. Tenho cerca de 12 rótulos de cores diferentes para este formato do jogo. Embora a maioria deles se refira a um tipo de erro que um oponente mais fraco provavelmente cometerá, também existem rótulos para oponentes fortes. É sempre bom saber o nível de habilidade de seus inimigos.

5.     Seja inabalável. Seja alegre

O Grand Tour vai deixar você um pouco confuso. Alguns dias você mal sairá do chão, perdendo a grande maioria de seus sprints de nível de entrada. Em outros dias, você chegará a um monte de finais e vencerá algumas. Durante os períodos de seca, é imperativo que você mantenha a cabeça fria. A variância não distribui vitórias e derrotas de forma controlada ou metódica. Ela vai lançar rajadas de boas corridas entre secas de derrota. A ideia no Grand Tour é jogar bem o suficiente nos momentos difíceis para se manter à tona, faminto por bounties e aceitando riscos extras quando eles estiverem à sua disposição. Levar isso tão a sério a ponto de ficar com raiva durante os dias ruins realmente prejudicará suas chances de uma boa taxa de vitória.

6.     Estude!

A menos que você esteja disposto a dedicar algumas horas fora das mesas de vez em quando, será difícil alcançar um nível decente de precisão no Grand Tour. Esta série de artigos certamente vai ajudar você com isso, leia e releia, faça anotações e discuta mãos e estratégias com outros jogadores. A melhor maneira de desenvolver essas coisas é por repetição e reconhecimento de padrões.

7.     Jogue várias mesas, mas não no começo

Quando você mergulha no Grand Tour pela primeira vez, é quase certo que você jogue em uma mesa de cada vez, seja você quem for. O jogo é muito estranho e complexo para começar em várias mesas e você perderá muitos detalhes importantes que afetam o jogo, a menos que se concentre em uma mesa de cada vez. Eventualmente, quando suas habilidades de reconhecimento de padrões aumentarem um pouco, será hora de aumentar isso, adicionando uma segunda mesa e, em um futuro distante, uma terceira mesa.

8.     Observe as mãos em que você não está envolvido

Existem tantos tipos diferentes de jogadores no Grand Tour que vale a pena identificar seus oponentes logo no início; antes de se envolver com eles pessoalmente. Se um jogador aposta 20 big blinds com Q9o no CO e você não viu porque estava vendo suas redes sociais, bem, você acabou de perder um call lucrativo mais tarde, quando faz o que pensar que deve largar uma mão mediana contra o shove desse jogador . Fique alerta e seja um ávido anotador. Ter um sistema de código de cores confiável para os diferentes tipos de erros que seus oponentes estão cometendo dará muito EV extra para você.

É isso pessoal. Obrigado por acompanhar esta série e esperamos que ela ajude você a se sair bem nas mesas do Grand Tour!


Comente e participe da discussão sobre este e outros artigos no nosso Canal do Discord.

Carregando Comentários

Loading more content...